sábado, 22 de abril de 2017

THINKING ARTS: ARTES PENSANTES | PENSAR AS ARTES

27 Abril 2017 | 21H00 | Universidade Católica | 

Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais | Aula Magna | Braga 

O Grupo de Filosofia do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH) da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da UCP, em Braga, vai dar início a uma série de Colóquios abertos ao público geral, intitulada THINKING ARTS, jogando com a dupla significação da expressão inglesa: Artes Pensantes, e Pensar as Artes.

Os Colóquios surgem no contexto do fortalecimento da linha de investigação Racionalidades Estéticas e Acção Humana: Pensamento, Arte(s), Sociedade, e visam com estas sessões uma reflexão interdisciplinar sobre questões de fronteira no campo específico das artes, numa intersecção entre agentes e teoria, capaz, ao mesmo tempo, de interpelar a sociedade, daí o seu carácter aberto a todos os interessados.

A primeira sessão, sob o título Ars Sacra | Ars Humana. Desafios da Arte Sacra Contemporânea, pretende abordar os reptos da criação artística no âmbito das temáticas religiosas numa sociedade como a actual, cuja memória do sagrado pode aparecer mais desligada que noutras épocas de referentes religiosos específicos, ao mesmo tempo que parece apelar, precisamente por isso, a instâncias antropologicamente fundantes do ser humano individual e social. Particular referência será feita à representação da Paixão.

Realizada em colaboração com a linha de investigação Racionalidades e Performatividades do Religioso do mesmo Grupo, o Colóquio tem como convidados a Alfredo Teixeira (antropólogo, teólogo e compositor) e Jonathan Saldanha (artista multimédia, investigador e produtor). Será moderado por João Manuel Duque (UCP).

O Colóquio é uma actividade inscrita no âmbito da UI&D/683, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

sábado, 8 de abril de 2017

"O QUE É O COSMOS?" - Seminário de Filosofia da Natureza, dia 11 de abril às 10H30, na FFCS

O Grupo de Filosofia do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH) da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da UCP, em parceria com o Departamento de Física da UM, está a dinamizar o SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR “Filosofia da Natureza: Questões-fronteira entre Física e Filosofia”

A Segunda Sessão decorrerá já na próxima terça-feira, dia 11 de Abril, pelas 10.30, no Auditório Isidro Alves, da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da UCP.

A reflexão filosófica sobre o conhecimento da Natureza a partir do diálogo com as ciências naturais constitui a Filosofia da Natureza. A física oferece um conjunto de representações teóricas para descrever e explicar os fenómenos naturais, passíveis de ser observados e medidos, que percebemos no Mundo. Entre os conceitos e pressupostos das teorias físicas encontramos os metafísicos, tais como os de tempo, espaço, matéria, objectividade, causalidade, continuidade, individualidade, etc. E é ao nível dos pressupostos e dos conceitos que a física e a filosofia se reclamam mutuamente, pois, como afirmou W. Heisenberg, “só deixando aberta a questão da essência última dos corpos, da matéria, da energia, etc., pode a física alcançar uma compreensão das propriedades dos fenómenos que descrevemos com tais conceitos”.

As sessões estão concebidas de acordo com o formato tipificado de Lançamento do tema, por um físico (30 min) e um filósofo (30 min), seguido de Discussão pelos participantes (professores e alunos interessados, dos Departamentos de Física da UM e de Filosofia da UCP (1h).

A segunda sessão sobre “O que é o Cosmos?” pretende abordar os conceitos actuais da Cosmologia Física, bem como os pressupostos metafísicos e filosóficos que lhes estão subjacentes. Tentar-se-á responder a perguntas tais como: O Comos é finito ou infinito? Tem uma origem e um fim? Necessita de um Criador ou a sua matéria é infinita e autossuficiente?

O Seminário é uma actividade inscrita no projecto UID/683 da FCT.

(Fonte: Website da FFCS)

sábado, 11 de março de 2017

Turmas da Escola Sec. Carlos Amarante (Braga) visitaram a Faculdade. Ação de sensibilização para o estudo da Filosofia

Ação de sensibilização para o estudo da Filosofia

Realizou-se na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Univ. Católica (Braga), no passado dia 24 de janeiro de 2017 uma ação de sensibilização para o estudo da Filosofia. Esta ação teve como destinatários os alunos de três turmas do ensino secundário da Escola Secundária Carlos Amarante (ESCA - Braga).

Pretendeu-se despertar e fomentar vocações filosóficas junto dos mais jovens, bem como o enriquecimento da sua visão da Filosofia, conhecendo melhor as potencialidades da formação filosófica no mundo laboral. Foi também sublinhada a política da Faculdade quanto à oferta de bolsas de estudo a todos os alunos que se inscrevem no Curso de Filosofia, traduzindo-se esta bolsa numa propina mensal mais baixa do que a que é praticada pelas instituições de ensino superior estatal. Procurou-se, ainda, mostrar algumas das traves-mestras onde assenta a especificidade do ensino da Filosofia na Universidade Católica em Braga: as instalações, o ambiente humano, equipamentos, acervo bibliográfico, valores primordiais da formação, etc. A informação prestada não se cingiu apenas à oferta formativa da filosofia, antes abrangeu todas as áreas de formação da Faculdade, tendo sido distribuída documentação sobre todas as opções que a Faculdade oferece para o prosseguimento de estudos, após o secundário.

O Programa da ação incluiu: a visita guiada à FFCS; o visionamento de um documentário sobre a Filosofia e suas aplicações; breve palestra e diálogo de esclarecimento sobre a Filosofia na Católica de Braga.

A ação, organizada pelo docente Carlos Morais, contou com a inestimável colaboração das Professoras da ESCA, Drªs. Maria Beatriz Macedo, Ana Pereira e Goreti Mota e do Prof. Artur Galvão da FFCS.
A todos os que participaram nesta iniciativa - especialmente aos estudantes da ESCA - manifestamos a nossa gratidão.

> Fotos do evento:









Conferência sobre o perfil filosófico do budismo na Escola Sec. Carlos Amarante - Braga

Foi muito gratificante a oportunidade de proferiu a conferência intitulada “O pensamento Oriental. Perfil filosófico de Buda e do budismo”, na Escola Secundária Carlos Amarante (ESCA-Braga), no âmbito das comemorações do dia do Agrupamento e do projeto Fascínio do Oriente. A conferência teve lugar no Auditório da ESCA, no dia 26 de janeiro de 2017.

A realização desta conferência constituiu uma excelente oportunidade de partilha de conhecimentos e de discussão com os alunos desta Escola, sobre um tema de manifesto interesse: as raízes filosóficas do budismo.

Neste sentido, foi muito estimulante verificar a curiosidade de um Auditório quase totalmente preenchido pelos jovens estudantes, movidos pela curiosidade da diferença que vem do Oriente. Siddharta Gautama, Hinduísmo, Vedas, Upanishad,Karma, Reencarnação, Atmán, Brahmán, Iluminação, Nirvana, Espiritualidade, Conhecimento profundo («vipassana»), Meditação, Superação do sofrimento, Salvação, Óctuplo Caminho, foram alguns dos conceitos-guia numa reflexão sobre o mistério da existência.

As questões levantadas pelos alunos no final da conferência constituem a garantia de que sementes de pensamento filosófico terão ficado a germinar nas suas mentes.

Um agradecimento muito especial às/aos Colegas docentes presentes na sessão, particularmente à Drª Maria Beatriz Macedo que, como Coordenadora do departamento de ciências sociais e humanas, desencadeou esta iniciativa e à Drª Ana Margarida Dias que, na qualidade de Professora Bibliotecária, coordena o interessante projeto “Fascínio do Oriente” e na qual contextualizou a presente iniciativa.

> Fotos da Conferência: no Auditório da ESCA:





Documentários da Comemoração do DIA MUNDIAL DA FILOSOFIA 2016 na FFCS-UCP

É com muita satisfação que disponibilizamos, para visionamento, os vídeos da Comemoração do Dia Mundial da Filosofia, na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais - Braga.
Um dos vídeos contém integralmente as intervenções dos palestrantes na Aula Magna; o outro vídeo contém uma breve reportagem da Jornada.

Saudações e bom visionamento!

> O registo audiovisual e produção destes materiais esteve a cargo da Oficina - Escola Profissional do INA. (Santo Tirso). Reiteramos o nosso agradecimento por mais esta colaboração!


Dia Mundial da Filosofia 2016 na Católica Braga - Reportagem


Dia Mundial da Filosofia 2016 na Católica Braga - Documentário completo


> Mais informações sobre este evento: clique aqui.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

"Modus Parisiensis" e a Educação da Companhia de Jesus - José Manuel Martins Lopes

LOPES José Manuel Martins, ‘O Modo Parisiensis’: Uma fonte incontornável na educação da Companhia de Jesus, in Associação Hisculteduca, O Ensino dos Jesuítas – Colégio de São Fiel 1863-1910, Castelo Branco, RVJ – Editores, Lda, Castelo Branco, 2016, 17-38. 
Cfr. ficheiro PDF

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

"A importância da Filosofia no Mundo Contemporâneo" - tema de Conferência do Prof. José Rui Costa Pinto na Escola Secundária de Amares

A convite do Grupo de Docentes de Filosofia da Escola Secundária de Amares, o Professor José Rui da Costa Pinto proferiu nesta Escola uma Conferência dedicada ao tema: "A importância da Filosofia no mundo contemporâneo".

A Conferência do Decano de Filosofia da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica (Braga) decorreu na Sala da Biblioteca da Escola, apinhada de jovens que seguiu atentamente a reflexão do palestrante. 
Este evento integrou-se no programa do Dia Mundial da Filosofia 2016, levado a efeito pela Escola de Amares no passado dia 17 de novembro, ao mesmo tempo que propiciou o estreitamento de relações institucionais entre as Escolas envolvidas e especialmente entre a nossa Faculdade e os seus Antigos Alunos de Filosofia.

A pretexto da referida efeméride, o Grupo de Filosofia elaborou e publicou um catálogo dos livros de Filosofia existentes na Biblioteca da Escola. Cada registo vai acompanhado de uma breve nota descritiva, fazendo desse documento um excelente guia de trabalho para toda a comunidade escolar, demonstrando a excelência e dinamismo do Grupo. O catálogo pode ser consultado aqui.

Testemunho da Drª Aurora Costa, Coordenadora do Grupo de Filosofia da Escola Secundária de Amares, a propósito da Conferência do Prof. J. Rui da Costa Pinto (testemunho recebido por email no dia 24 de nov. de 2016)
(…)
Decidimos realizar uma auscultação a todas as turmas envolvidas, no sentido de apurar o impacto das mensagens proferidas pelo Prof. Costa Pinto na sua preleção. Deste modo, e considerando o balanço realizado pelos alunos, é com muito agrado e satisfação verificar que os nossos objetivos foram alcançados e, em grande medida, ultrapassados. 
Nas palavras do Prof. Costa Pinto o mundo atual carateriza-se pelos valores  materiais e consumistas contudo, deixou aos nossos alunos uma mensagem de otimismo, fez uma exaltação do ser humano na sua vertente humanista e de esperança no futuro.  Deste modo,  este ensinamento motivou e sensibilizou os discentes para a compreensão de que, como afirmou, no início da conversa: "O problema da Filosofia de hoje é o amanhã".
Em meu nome pessoal e em nome das minhas colegas de grupo e da Direção do Agrupamento agradeço ao Prof. Costa Pinto pela palestra profícua que proferiu e agradeço também ao Prof. Carlos Morais a sua colaboração que permitiu este estreitamento de relações institucionais entre a Faculdade e a nossa escola.

Testemunho da Drª Flora Monteiro, Professora do Grupo de Filosofia da Escola Secundária de Amares (testemunho publicado aqui)
Momento muito interessante para os professores e muito especial para estes aprendizes de Filosofia! O professor Costa Pinto conseguiu despertar uma atitude de curiosidade e de reflexão e espírito crítico na assistência, com provocações de cariz humanista e completamente inseridas no mundo atual! Estes momentos são essenciais para enriquecer a caminhada diária. Um obrigada ao grupo, ao professor bibliotecário e ao professor Carlos Morais pela atenção com que trata estas temáticas!

Cartaz da Conferência

Prof. José Rui Costa Pinto na Biblioteca da Escola de Amares


Prof. J R Costa Pinto com as Antigas Alunas da FacFil, atuais docentes da E S Amares:
Drª/s Flora Costa, Margarida Ferreira, Isabel Sousa, Aurora Costa

sábado, 19 de novembro de 2016

"Filosofia e percursos profissionais" - tema do Dia Mundial da Filosofia 2016, comemorado na Católica - Braga

UNIVERSIDADE CATÓLICA COMEMORA DIA DA FILOSOFIA MOSTRANDO A IMPORTÂNCIA DESTA FORMAÇÃO NA CRIAÇÃO DE PERCURSOS PROFISSIONAIS INOVADORES
Imagem criada pelo estudante Vasco Teixeira, SJ.
> Notícia publicada pelo jornal Diário do Minho, publicada em 17 de nov. 2016:
A Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica, em Braga, promove hoje uma sessão comemorativa do Dia Mundial da Filosofia que hoje se celebra sob patrocínio da Unesco.
Jornal "Diário do Minho", 17.11.2016
Trata-se de uma iniciativa do Curso de Filosofia da Católica, que é realizada em articulação com diversas instituições de ensino secundário, nomeadamente, o Colégio D. Diogo de Sousa (Braga), Colégio das Caldinhas/Instituto Nun’Álvres (Santo Tirso), Oficina/Ina (Santo Tirso) e a Cooperativa de Ensino Didáxis (Riba d'Ave).
O programa terá inicio pelas 09h30, com o acolhimento aos alunos e professores, seguindo-se, às 10H00, a apresentação de três palestras, na Aula Magna, dedicadas ao tema: “A Filosofia e a criação de itinerários profissionais”. 
O objetivo é demonstrar a mais-valia da formação filosófica como base para a criação e desenvolvimento de percursos profissionais de grande significado social e que garantem assinalável êxito no mundo laboral, para além da profissão de docente desta área do conhecimento.
Para aprofundar o alcance das potencialidades da Filosofia na abertura de itinerários profissionais, a organização do evento convidou para oradores da sessão temática três antigos alunos do Curso de Filosofia que se têm destacado em áreas profissionais de cariz sociopolítico, administrativo e nas áreas da orientação vocacional e consultoria existencial, nomeadamente Manuel Dias de Barros, Paulo Nunes Tavares e José Prudêncio. Estes oradores apresentarão o seu testemunho, demonstrando como a Filosofia lhes abriu caminhos profissionais inovadores e com futuro.
Após estes testemunhos, pelas 12H00, seguir-se-á uma visita às instalações da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais. A jornada finalizará, pelas 13H00, com a entrega dos certificados de presença e um convívio no Bar da Faculdade.

Comentários:
> José Prudêncio
> Nuno Paulos Tavares
> Biblioteca do INA
> Biblioteca do INA

---------------------------------------

Notas Biográficas dos Conferencistas Convidados

Manuel Dias de Barros
professor e gestor/administrador público. Licenciatura em Filosofia pela Faculdade de Filosofia de Braga, da Universidade Católica Portuguesa; Frequência da Licenciatura em Administração Pública; Especialização em Gestão Pública; Curso de Auditor de
Defesa Nacional pelo Instituto de Defesa Nacional; Curso de Extensão Universitária em “Pensamento Político e Identidade Europeia” pela Faculdade de Filosofia de Braga, da Universidade Católica Portuguesa; Mestrado em Administração Pública, pela Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho. Frequência da Pós – Graduação em Gestão Economia do Turismo e Hotelaria na Escola de Negócios da Universidade do Porto (EGP); Curso Formação em Gestão Pública, pelo Instituto Nacional de Administração (INA).
Como professor desempenhou funções docentes em vários estabelecimentos do Ensino secundário nas disciplinas de Filosofia, Psicologia e sociologia, e no ensino superior politécnico nas disciplinas de Fundamentos de Gestão, Gestão de Recursos Humanos, Finanças Públicas, Organização e Gestão Pública e Políticas Públicas.
Como gestor/administrador público desempenhou funções em várias instituições públicas, na área da juventude, formação profissional e no ensino secundário e superior politécnico: Delegado Regional do Instituto da Juventude; Membro da comissão Instaladora e Administrador, do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA); Diretor do Centro de Formação Profissional de Braga (IEFP); Diretor da Escola Superior de Gestão, do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA); Instalou e foi Presidente do Conselho de Administração, da Entidade Empresarial Municipal PROVIVER; Exerceu as funções de Diretor Regional do Norte, do Instituto Português do Desporto e da Juventude – IPDJ, até Setembro de 2016. Atualmente, exerce as funções de Diretor Geral dos Serviços de Ação Social, da Universidade do Porto. 
Exerceu ainda, funções de Presidente da Assembleia-geral do IEMinho – Instituto Empresarial do Minho. Integrou o Conselho Estratégico da Associação Industrial do Minho; o Conselho Estratégico do LIFTOFF - Gabinete do Empreendedor da Associação Académica da Universidade do Minho; o Conselho Social da Universidade Lusíada; o Conselho de Coordenação Intersectorial da CCDR-N – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte; o Conselho Consultivo Regional do Norte do IEFP. Atualmente é membro da Associação Portuguesa de Ética Empresarial; Integra o Conselho Consultivo do Gabinete de Empregabilidade da Universidade do Porto; é membro, por inerência, o Senado da Universidade do Porto.
Autor de alguns artigos e trabalhos na área da Administração Pública (gestão de recursos humanos, políticas públicas, e gestão local); Formação e qualificação de quadros; Ética na Administração Pública; Área da Juventude; Transição e integração de diplomados (ensino profissional e superior) na vida ativa; Associativismo; Empreendedorismo; Políticas de Desenvolvimento Regional.
Complementando a atividade académica, profissional e o processo de formação contínua com a participação em congressos, seminários e jornadas de carácter técnico, pedagógico e científico como orador, onde se destacam as Políticas públicas de Juventude, do ensino profissional, tecnológico e superior, da gestão e Administração Pública, do Poder Local e do desenvolvimento regional e local.


Nuno Paulos Tavares
Nascido (1979) e criado no Porto, cedo se fascinou pelo pensamento e poder das perguntas. Na sua caixa de ferramentas filosóficas tem sempre a máxima de Terêncio "Homo sum, humani nihil a me alienum puto.” e defende estarmos todos condenados ao diálogo.
Licenciado em Filosofia (2004) pela Faculdade de Filosofia de Braga da Universidade Católica Portuguesa, entre 2005 e 2009 realizou formação complementar e obteve certificação de instituições nacionais e internacionais na área das Novas Práticas Filosóficas.
Entre 2008 e 2010 foi Presidente da Associação Portuguesa de Aconselhamento Ético e Filosófico. É consultor filosófico certificado pela American Philosophical Practitioners Association (APPA), Institut de Pratiques Philosophiques (IPP) e Associação Portuguesa de Aconselhamento Ético e Filosófico (APAEF) e formador certificado da área da Didáctica da Filosofia pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (CCPFC) e Sistema Nacional de Certificação Profissional do Instituto de Emprego e Formação Profissional.
Experimentou a docência. Entre 2006 e 2012 leccionou as disciplinas de Filosofia, Psicologia, Sociologia e Desenvolvimento Pessoal na Associação para Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa no Porto, na Escola Secundária Eça de Queirós na Póvoa de Varzim e no Colégio da Paz no Porto.
É coordenador e co-fundador de Enteléquia - Filosofia Prática®, membro afiliado do Institute for the Advancement of Philosophy for Children (IAPC) e SOPHIA – European Foundation for the Advancement of Doing Philosophy With Children.
Iniciado em 2007, é um projecto de divulgação e prática filosófica que oferece os seguintes serviços:
- Consultoria Filosófica;
- Filosofia nas Organizações;
- Formação em contexto organizacional
- Filosofia para/com Crianças e Jovens (do Pré-Escolar ao 3º Ciclo do Ensino Básico)
- Cafés Filosóficos;
- Workshops Temáticos e Conceptuais;
- Acções de Formação Certificadas para Professores e Educadores
No início de 2016, num esforço de autonomização da prática e consequência de progressiva especialização, iniciou um novo projecto: A Consulta Filosófica. Exclusivamente dedicado à Consultoria Filosófica, com espaços na Maia e Viana do Castelo, coloca à disposição de indivíduos e grupos a utilização de métodos, teorias e abordagens filosóficas para solucionar ou gerir problemas associados à existência humana.
A sua actividade enquanto filósofo actualiza-se na realização de consultas de Aconselhamento e Consultoria Filosófica (pessoal e organizacional), na realização de workshops de desenvolvimento de competências filosóficas em empresas, associações e outro tipo de organizações, na facilitação de projectos e sessões de Filosofia para Crianças e Jovens, na formação de professores, educadores e outros profissionais na área da Filosofia para Crianças, Pensamento Crítico e Filosofia, Vida e Sociedade, na dinamização de Cafés Filosóficos, em actividades de divulgação filosófica em escolas e na comunicação social, na publicação de textos e reflexões e na participação em conferências e encontros de carácter nacional e internacional.

José Prudêncio
Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia de Braga da UCP. Professor de Filosofia da Escola de São João do Estoril. 
Mestrado em Cultural Astronomy and Astrology, Bath Spa University, Inglaterra. Tese de Mestrado: Objections to Astrology - what are de underlying assumptionsEm 2008, publica Astrologia & Filosofia - um discurso sobre o tempo e os instintos, onde cria a AstroFilosofia como método de orientação e previsão. 
Em 2009, publica Um Céu e Dois Caminhos - José Saramago e José-Augusto França, onde analisa a vida destes escritores que nasceram exactamente no mesmo dia e na mesma hora.
Actualmente, está a trabalhar num Manifesto da Filosofia como Forma de Viver.
Mais informações em: www.joseprudencio.com | www.astrofilosofia.com

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Revista Portuguesa de Filosofia (Fasc.1, 2016) dedicada ao tema "Teísmos"

Foi publicado o 1º fascículo (vol. 72, 2016) da Revista Portuguesa de Filosofia dedicado ao tema: "Teísmos: Aportações Filosóficas de Leste e Oeste", organizado pelo Prof. Manuel Sumares.

Deste número fazem parte os seguintes estudos:
  • Manuel Sumares, “Presentation - Theisms Philosophical Contributions from the East to the West,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 9–12
  • Adelino Francisco de Oliveira, “Monoteísmo em Crise: Uma Aproximação ao Campo Religioso do Brasil e da América Latina,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 13–40
  • John Farina, “Is Tocqueville’s Theory of Religion and Democracy Applicable to New Democracies?,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 41–64
  • Sayed Hassan Hussaini, “Islamic Philosophy between Theism and Deism,”Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 65–84
  • Javier Pamparacuatro Martín, “Omnia in Verbis: El origen y Evolución de la Idea/Metáfora del Mundo como Texto,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 85–116
  • Nikolaos Loudovikos, “Being and Essence Revisited: Reciprocal Logoi and Energies in Maximus the Confessor and Thomas Aquinas, and the Genesis of the Self-Referring Subject,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 117–46
  • John Panteleimon Manoussakis, “God in the Mind? Religious Phenomena and the Teleology of Consciousness,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 147–68
  • Gennaro Auletta, “Networks and Causation Top-Down,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 171–80
  • Javier Aguirre, “Téchne and Enthousiasmós in Plato’s Critique of Poetry,”Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 181–98
  • Caroline Guimarães, “A Crítica de Hegel ao Formalismo Kantiano em Defesa da Eticidade,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 199–218
  • Valeriano dos Santos Costa, Marcos Eduardo Melo dos Santos, and Susana Aparecida Silva, “A Filosofia do Amor em Tomás de Aquino. O Amor Humano enquanto Paixão na Suma Teológica (I-II, q. 26, 27 e 28),”Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 219–36
  • Clara Costa Oliveira, “Book Review - Valter Hugo Mãe – A desumanização. Porto: Porto Editora, 2013, 238 p.,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 239–42
  • Ana Falcato, “Book Review - Mulhall, Stephen – The Great Riddle: Wittgenstein and Nonsense, Theology and Philosophy - The Stanton Lectures 2014. Oxford: Oxford University Press, 2015, 138 P.,” Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 243–54
  • Álvaro Balsas, “In Memoriam Prof. Jorge Peixoto Coutinho (1939 - 2015),”Revista Portuguesa de Filosofia 72, no. 1 (2016): 257–62.
Revista Portuguesa de Filosofia é comercializada pela Axioma - Publicações da Faculdade de Filosofia, no website da Aletheia - Associação Científica e Cultural.

domingo, 19 de junho de 2016

Simpósio Luso-Brasileiro de Filosofia e Ciência da Religião | 20-23 jun. 2016

O grupo de pesquisa «Pós-religare», do programa de Ciência da Religião da  Universidade Católica de S. Paulo, e os docentes e investigadores dos programas de Mestrado e Doutoramento em Filosofia da Religião e do Doutoramento em Estudos da Religião, da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, em Braga, têm vindo a desenvolver atividade conjunta, na investigação das transformações das condições da experiência religiosa nas sociedades denominadas pós-modernas.
Pontifícia

Dessa atividade resulta um simpósio anual, alternadamente em S. Paulo e em Braga, com publicação da investigação realizada e apresentada. Este corresponde à quinta edição e pretende refletir explicitamente sobre a relação entre racionalidade(s) e afetividade(s), quando se pensam e analisam as diversas manifestações do fenómeno religioso.

O simpósio decorre no Campus Camõessala D7, entre os dias 20 e 23 de junho de 2016.

Para mais informações consultar:

quinta-feira, 5 de maio de 2016

A questão do Tempo em debate no Seminário Permanente de Filosofia na FFCS-CEFH

Coordenado pela Profª Yolanda Espiña, o Grupo de Filosofia do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH) – no qual se integram os Docentes da área de Filosofia da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Católica-Braga, bem como um número significativo de Investigadores externos – inscreveu no seu plano de atividades a realização de um Seminário Permanente que versará, numa primeira fase, a temática do tempo.
A primeira sessão deste Seminário teve lugar, precisamente, no dia 29 de Abril, na referida Faculdade, com a apresentação do tópico "O tempo da Caverna de Platão", a cargo da Prof.ª Doutora Yolanda Espiña. Após a exposição de um conjunto de reflexões e de interrogações verdadeiramente significativas, decorrentes de um genuíno questionamento da alegoria de Platão, estendeu-se o debate bastante vivo a todos os presentes, moderado pelo Prof. Doutor José Gama.
O diálogo foi verdadeiramente enriquecedor, quer pelas perspetivas hermenêuticas nem sempre concordantes que então se produziram, como pelo alargamento da problematização da temática à diversidade dos autores mais significativos da história da filosofia: desde os autores clássicos, que são sempre uma incontornável referência, até aos contemporâneos, como Wittgenstein, Levinas, Heidegger, Leonardo Coimbra, Comte-Sponville, só para referir alguns dos que foram evocados.
As próximas sessões mensais deste Seminário estão previstas para Maio, Junho e Julho, ainda em torno da temática filosófica do tempo, sob diversas perspetivas de abordagem, e que serão oportunamente divulgadas.

terça-feira, 3 de maio de 2016

Publicação da obra de Jorge Coutinho - Elementos de História da Filosofia Medieval

Saudamos a publicação pela Axioma - Publicações da Faculdade de Filosofia da obra póstuma de Jorge Coutinho, Elementos de História da Filosofia Medieval, com organização, introdução e revisão de Álvaro Balsas, atual docente desta matéria na referida Faculdade.
Antigo Professor da Faculdade de Filosofia, onde lecionou a disciplina de História da Filosofia Medieval ao longo de várias décadas, Jorge Coutinho deixou uma indelével marca nos seus Colegas e excelente memória nos seus Alunos, aliando grandes qualidades humanas às suas notáveis qualidades científicas e pedagógicas, reconhecidas pelo organizador do presente volume: «Em todas estas temáticas abordadas Jorge Coutinho evidencia uma persistente busca de rigor e cuidado conceptual, uma grande amplitude e abrangência na compreensão das questões a tratar (...)» (na Introdução).

> A obra agora publicada é comercializada no website da Aletheia - Associação Científica e Cultural.

> O Índice, a Introdução e as primeiras vinte e cinco páginas desta obra poderão lidas no endereço: http://www.rpf.pt/images/Axioma/SWF/elementos.swf  

sábado, 30 de abril de 2016

Programas de Mobilidade para Estágios na Católica - Braga

Está aberto, até ao dia 30 de junho, o processo de candidaturas à Mobilidade para Estágios. Esta mobilidade destina-se a:
• Estágios curriculares
• Estágios extra-curriculares
• Estágios para alunos recém-graduados
Entende-se por alunos recém-graduados todos quantos terminaram a licenciatura no ano letivo 2014/2015.
Toda a comunidade discente interessada pode concorrer. Será dada prioridade aos estágios curriculares.
Para mais informação contactar o Professor António Calheiros através de calheiros@braga.ucp.pt 

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Revista Portuguesa de Filosofia nº 4 de 2015 dedicado à temática "Metafísica: Problemas Contemporâneos"

Acaba de dar à estampa o último fascículo da Revista Portuguesa de Filosofia (fasc. 4, vol. 71, 2015) dedicado ao tema "Metafísica: Problemas Contemporâneos".

Deste número fazem parte os seguintes estudos:

> Nicholas J.J. Smith, “Why Time Travellers (Still) Cannot Change the Past”, pp. 677–69
> Brian Garrett, “Some Remarks on Backwards Causation,” pp. 695–704
> Christopher Hughes, “The Consequence Argument and the Definition of Determinism,” pp. 705–724
> João Branquinho, “Variedades de Realismo Metafísico,” pp. 725–752
> Philip Corkum, “Generality and Logical Constancy,” pp. 753–768
> Charles Taliaferro, “Abstract Objects and Causation: Bringing Causation Back Into Contemporary Platonism,” pp. 769–780
> Vanessa Triviño and María Cerezo, “The metaphysical equivalence between 3D and 4D theories of species”, pp. 781–806
> Jerzy Gołosz, “How to Avoid the Problem of the Question of the Rate of Time’s Passage,” pp. 807–820
> Sofia Inês Albornoz Stein, “Naturalized Semantics and Metaphysical Ontology: Two Complementary Perspectives,” pp. 821–832
> Antonio González, “Para una ‘ontología’ de lo social,” pp. 833–854
> Gabriele De Anna, “Hylomorphism and Substantial Gradualism,” pp. 855–872
> Michał Głowala, “Unity and Plurality in Joint Manifestations of Powers: A Scholastic Approach,” pp. 873–894
> Christian Kanzian, “Kunstwerke als Artefakte,” pp. 895–912
> Jason Megill, “A Metaphysical Dilemma for Dualism”, pp. 913–926

Revista Portuguesa de Filosofia é comercializada pela Axioma - Publicações da Faculdade de Filosofia, no website da Aletheia - Associação Científica e Cultural.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Dia Aberto na FFCS da Católica-Braga

20 DE ABRIL 2016:  DIA ABERTO 
NA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS SOCIAIS DA CATÓLICA-BRAGA



Os alunos do Ensino Secundário das Escolas da Região de Braga terão a oportunidade de conhecer, ao vivo, a nossa Faculdade, as instalações, edifícios, equipamentos, espaços, cursos, serviços, docentes, alunos, funcionários e sobretudo o ambiente humano que se aqui se respira.
Após o acolhimento, logo pela manhã, os alunos poderão observar as actividades lectivas a decorrer em sessões simultâneas, obter informações sobre a oferta formativa, dialogar com os professores e com os alunos dos diversos cursos. A seguir ao almoço, terá lugar um PediCat (visita às instalações de acordo com as valências existentes), e finalizando com um espectáculo musical, a entrega dos certificados de presença, e encerramento pelo Director da FFCS.
Será um dia em cheio, numa atmosfera de cordialidade, boa disposição e amizade.

Relativamente à área da Filosofia, os alunos interessados terão a possibilidades de se integrarem nas três sessões filosóficas preparadas para este dia:
  • 1. Prof. Artur Galvão, "Quem tem medo de ser humano? Os desafios do transhumanismo"
  • 2. Prof. Carlos Morais, "O que é a Filosofia?"
  • 3. Prof. João Carlos O Pinto, "Auguste Comte e o positivismo"
[à esquerda, notícia do evento publicada no Jornal Diário do Minho, 12/04/2016]

domingo, 10 de abril de 2016

Simpósio: “Temas Contemporâneos de Ontologia” no dia 21 de Abril 2016 na FFCS

Decorrerá no próximo dia 21 abril de 2016, quinta-feira, no "Auditório Manuel Isidro Alves" da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (Edifício no Campus Camões) da Universidade Católica / Braga, organizado pelo Prof. Doutor Álvaro Balsas SJ, o Simpósio “Temas Contemporâneos de Ontologia”.
Dirigido especialmente a alunos e professores de Filosofia, a iniciativa, também  aberta a toda a comunidade académica, conta com a presença de três especialistas de renome de universidades brasileiras:
  • Prof. Doutor Róbson Ramos dos Reis - Universidade Federal de Santa Maria
  • Prof. Doutor Frank Thomas Sautter - Universidade Federal de Santa Maria
  • Prof. Doutor António Augusto Passos Videira - Universidade Estadual do Rio de Janeiro
Programa:
  • 09h00: Acédia e Tédio Profundo na Analítica Existencial - Prof. Doutor Róbson Ramos dos Reis, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil
  • 10h15: O Argumento Ontológico de Gödel - Prof. Doutor Frank Thomas Sautter, Universidade Federal de Santa Maria, Brasil
  • 11h15: Intervalo
  • 11h45 – Por quê a Filosofia da Natureza Hoje? - Prof. Doutor António Augusto Passos Videira, Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Brasil
Entrada livre


&&&&

Notícia do Simpósio publicada no Diário do Minho, 12 abril 2016: